Lista de material de construção: veja como montar a sua!

Na hora de construir ou reformar, muitas pessoas não se atentam a um item fundamental: a lista de material de construção. Assim como quando vamos ao mercado, para planejar a sua obra é indispensável ter controle de quais itens serão necessários.

Além disso, esquecer de algum material pode custar caro. Afinal, você terá de pagar a mais pelo item por conta da urgência da demanda ou poderá atrasar alguma das etapas, justamente pela falta de algum produto básico.

 

Por que fazer a lista de material de construção?

Como você viu, a lista de material de construção é super importante para qualquer obra ou reforma. Afinal, com ela você evita esquecimentos, o que poderia resultar em pagar mais caro por determinados itens.

Além disso, ao saber tudo o que irá na sua obra, é mais fácil negociar com os comerciantes e conseguir preços mais atrativos para os materiais, o que resulta em maior economia.

Isso garante que a sua obra ficará dentro do orçamento disponível, evitando que uma etapa saia mais caro do que o planejado e impeça dar sequência nas demais fases.

Com a lista de material de construção em mãos, é possível:

– controlar melhor as quantidades de materiais por etapa;
– evitar esquecimentos;
– reduzir o desperdício;
– manter a obra dentro do orçamento;
– negociar com os comerciantes;
– economizar no preço dos materiais;
– entender quais itens são mais, ou menos importantes, e levar mais qualidade para a sua construção (sem que isso signifique pagar mais caro pelos produtos);
– controlar melhor a sua obra por completo, evitando surpresas desagradáveis.

Dicas para montar uma lista de material de construção

Para conseguir tudo isso, é importante que a sua lista seja bem feita e esteja de acordo com a realidade da sua obra e com a sua expectativa para a construção. Como essa não é uma etapa muito simples, reunimos dicas essenciais para te ajudar. Confira!

 

 

 

Divida a obra por categoria

O primeiro passo é saber em que fase a sua obra está. Afinal, em cada etapa existe uma necessidade diferente. Então, você poderá dividir a sua obra por categoria e montar uma lista de material de construção para cada fase. Por exemplo:

– estrutura: é o início da obra e compreende a fundação, com vigas, pilares e lajes. A lista geralmente envolve materiais básicos como cimento, brita, areia, vergalhões, pregos, escoras etc.;

– alvenaria: é nessa etapa que as paredes começam a ser levantadas e a obra passa a ganhar forma. É preciso investir em cimento, blocos de concreto, tijolos, graute, tubos de PVC, conduítes, fiação, quadros de distribuição, caixas de luz, emboço, reboco e outros;

– cobertura: é a fase do telhamento e do sistema de captação de água, sendo necessária a compra de telhas, madeiras, vigões, calhas, rufos, caibros, mantas térmicas, caixa d’água etc.;

– acabamento: é o momento de deixar a construção mais bonita e charmosa, comprando pisos, azulejos, louças sanitárias, portas e janelas, interruptores, tintas, portões, entre outros.

 

 

Analise a quantidade

Depois de saber quais itens devem integrar a sua lista de material de construção, é importante calcular corretamente a quantidade de cada um, evitando comprar a mais ou a menos (já que ambos poderão trazer prejuízos).

A principal dica é calcular os materiais necessários por etapas (seguindo a divisão que fizemos no tópico acima). E, claro, sempre conversar com o profissional responsável, que poderá te orientar melhor sobre as quantidades.

Você também poderá dividir os trabalhos por período, como atividades do dia e da semana, e planejar a quantidade dentro desses cronogramas – o que melhora o controle da quantidade necessária e evita o desperdício. E, não se esqueça de incluir um percentual a mais nesse cálculo, considerando as perdas.

Para não se perder financeiramente, tenha um teto limite do quanto poderá gastar, evitando ir além do orçamento e acabar se endividando antes de concluir a obra. É claro que esse valor precisa estar de acordo com a realidade de cada etapa.

 

 

Compare os diferentes orçamentos

Com a lista de material de construção pronta, é mais fácil analisar diferentes orçamentos, encontrando aquele que melhor se encaixe na sua realidade financeira e nos desejos para a obra.

A FazTudo.Online é uma parceira da FazTudo Engenharia e também tem como objetivo ajudar na sua construção e reforma. Com profissionais e serviços especializados oferecidos pela plataforma, você pode fazer um orçamento grátis e escolher a melhor opção.

Lembre-se sempre de analisar o custo-benefício de cada item, buscando por um material que seja de qualidade, tenha um bom preço e ainda agregue outros benefícios.

Por exemplo, às vezes pode compensar pagar um pouco mais caro em um produto se o vendedor fizer uma forma de pagamento diferenciada, trocar os produtos que sobrarem ou entregar de maneira mais rápida. De qualquer forma, todas essas questões precisam ser muito bem analisadas.

 

 

Armazene corretamente

Depois de comprar o necessário, é hora de armazenar muito bem esses materiais, evitando que eles estraguem ou se deteriorem. Antes mesmo de ir às compras, verifique se existe espaço suficiente na sua obra (ou em outro local) para esse armazenamento – e se esse espaço é adequado às necessidades dos produtos.

 

 

Conclusão

Como você viu, montar a lista de material de construção é extremamente importante em qualquer obra ou reforma. Afinal, ela evita esquecimentos, permite comparar orçamentos e também facilita na hora de manter a obra dentro do seu teto limite, garantindo que nada saia do controle.

Além de tudo isso, a lista evita desperdícios, já que permite o cálculo mais acertado da sua necessidade por etapa da obra ou de acordo com o cronograma dos profissionais.

 

Gostou do post? Gostaria de realizar um orçamento? Entre em contato conosco e não deixe de assinar a nossa newsletter!

 

Fonte: Toca Obra

Comments for this post are closed.