DICAS PARA PLANEJAMENTO DE OBRA

 

Confira aqui Dicas para Planejamento de Obra para sua obra ficar mais econômica e sem surpresas, acerte na escolha do arquiteto ou engenheiro e desfrute de uma obra sem Stress.

Construir ou reformar um imóvel é sempre um processo que requer disposição por parte de quem encomenda a obra, mas com as dicas, vai ficar mais fácil. E quem está construindo ou reformando deve acompanhar todo o processo, incluindo a etapa do planejamento.

Acompanhar a obra evita problemas posteriores, além de garantir que os serviços estão sendo feitos como o combinado – tanto no que se refere à qualidade quanto nos prazos previstos, por isso as Dicas para Planejamento são muito importante para quem vai construir pela primeira vez.

Mesmo que você tenha contratado uma empresa especializada e de ótima reputação no mercado, é importante fazer esse acompanhamento pessoalmente. Para facilitar, confira algumas aqui Dicas para Planejamento de Obra.

 

1 – Projeto de Arquitetura da obra

O projeto de Arquitetura da Obra é o inicio de tudo, a fase mais importante de uma obra, pois faz parte de um planejamento de serviços que serão executados por profissionais de construção civil de diversas áreas, o Projeto de Arquitetura da Obra é uma ferramenta muito importante, pois é o que vai servir como base para o andamento de todo o processo da obra. É importante buscar profissionais que realizam o projetos que sejam qualificados e tenham experiencia com o serviço que você deseja, pois esses profissionais de projetos (Engenheiros e Arquitetos) são as pessoas que mais entendem do que é possível ou não fazer em uma construção e reforma ou decoração, são eles quem podem lhe oferecer as Dicas para Planejamento de Obra.

Ainda assim, dê sugestões e solucione todas as dúvidas, antes de aprovar o projeto. Quando ele estiver finalizado, tenha sempre uma cópia do que será feito na obra.

 

2 – Anote e guarde

Na fase do planejamento da obra essa Dica para Planejamento de Obra, não deixe de tomar nota de coisas importantes, como: materiais que serão usados, quantidades, preços e outros dados.

Registre também cálculos sobre custos de materiais, mão de obra, taxas e tarifas, entre outras contas. Também guarde orçamentos separados, ou seja, do que está previsto: custos com materiais, custos com profissionais, custos com a prefeitura (se houver), entre outros encargos.

Existem profissionais especializados em desenvolver o custo real e detalhado de cada obra, através de planilhas de custo físico financeira, essas planilhas são obrigatórias para quem vai fazer uma construção financiada, mas também ajudam muito quem vai construir com recursos próprios para poder se orientar em relação as despesas da obra.

Não se esqueça de também guardar cupons e notas fiscais, recibos, orçamentos recebidos, contratos, contato das pessoas que trabalharão na construção ou reforma e qualquer tipo de documento relativo à obra.

 

3 – Compras

Participe da lista de compras e dê sugestões de variações de materiais, cores, marcas, preços. Exija que os materiais sejam comprados conforme o prometido e procure estar presente no momento da aquisição dos materiais mais importantes, Consulte sempre seu Arquiteto para as Dicas para Planejamento dos Materiais que serão utilizados na Obra.

Além disso, sobre o valor total das compras, calcule cerca de 20%. Este será o custo aproximado de materiais que possivelmente terão de ser adquiridos depois da obra ter se iniciado.

 

4 – Bom relacionamento

Como em qualquer relação comercial e de prestação de serviços é importante que exista respeito e transparência de ambas as partes: contratante e contratados. Essa Dica para Planejamento de Obra, Evite discussões, acusações e outras deselegâncias que em nada ajudam a solucionar possíveis impasses e ainda podem colocar em risco a qualidade do trabalho das pessoas que atuam na sua obra.

 

5 – Contratos

É de extrema importância formalizar um contrato com a empresa que prestará o serviço de construção ou reforma. Projeto, preços, prazos e outras informações devem constar no documento.

Também não deixe de providenciar um contrato diferente caso contrate mais de uma empresa ou profissionais autônomos para trabalhar na obra. Isso evita problemas posteriores em relação a custos, prazos e qualidade do serviço.

 

6 – Visita ao local

Por fim, é importante sempre visitar o local – ainda que a obra esteja em fase de planejamento. Assim que a construção ou reforma começar, não deixe de passar na obra constantemente, para avaliar se o andamento do trabalho segue como o previsto e tire sempre qualquer dúvida sobre a sua construção que está sendo feita.

 

Gostou das dicas? Gostaria de realizar uma reforma ou obra em seu imóvel? Entre em contato conosco e não deixe de assinar a nossa newsletter!

 

Fonte: Sua Obra

Comments for this post are closed.