Como funciona uma lâmpada espiã? Conheça a tecnologia espiã

Lâmpadas de LED com câmera HD escondida podem gravar no escuro e transmitir imagens via Internet em tempo real

 

As lâmpadas de LED com câmera HD 360° estão disponíveis no mercado brasileiro em diversos modelos e preços. Desenvolvidas para serem um produto que oferece vigilância de forma discreta, as “câmeras espiãs” chamam muito menos a atenção que outros dispositivos de segurança convencionais. Por isso, os aparelhos ganham certa popularidade entre os consumidores.

Para entender melhor como funciona e quais ferramentas estão por trás da inteligência do eletrônico, confira a seguir os detalhes sobre as lâmpadas com câmera. Saiba se a tecnologia é uma boa opção para você proteger a sua casa.

 

 

Instalação

A instalação não tem diferença em relação ao procedimento que envolve uma lâmpada comum: basta plugar o dispositivo no bocal. Depois, o usuário precisa conectar o aparelho ao Wi-Fi mais próximo e fazer o download do aplicativo próprio da lâmpada. Pelo app, é possível escolher as configurações desejadas de acordo com as suas necessidades.

A câmera dentro da lâmpada é sem fio e equipada com microfone, alto-falante, microSD, sensor infravermelho e Wi-Fi. Em relação ao consumo, o produto promete ser econômico – por ser uma lâmpada do tipo LED, ela deve oferecer alta durabilidade e baixo consumo de energia.

 

Funcionamento

Uma vez conectado à rede Wi-Fi, o acessório pode transmitir as imagens capturadas em 360º por meio de um aplicativo próprio. Para armazenar os vídeos, é necessário inserir um cartão microSD com capacidade para até 64 GB. Além disso, muitos modelos contam com sensores de movimento na área definida pelo app.

De acordo com uma fabricante, a gravação começa ao ligar o interruptor. É necessário, portanto, acender a luz para a eletricidade alimentar a lâmpada. O usuário pode controlar a luminosidade após baixar o aplicativo do aparelho, porém ele não funciona sem que o interruptor esteja ligado.

 

 

Aplicativo

A maioria dos aplicativos das lâmpadas espiãs está disponível para Android e iPhone (iOS). Alguns modelos contam com funções especiais no app, como controlar o zoom da câmera, luminosidade, ouvir o áudio do que foi gravado e usar o alto-falante para se comunicar com o ambiente onde o dispositivo está instalado. Além disso, o aplicativo pode avisar ao usuário quando há o registro de alguma movimentação.

Alguns aparelhos fazem gravação panorâmica e podem ter resolução de 1280 x 960 pixels, além de contar com visão noturna. Nesse caso, é possível acionar pelo app de forma manual ou configurar para acionar automaticamente na falta de luz. Antes de comprar o produto, é importante verificar se ele é bivolt, para ser usado em qualquer região do Brasil.

 

Modelos à venda no Brasil

 

Após o lançamento de alguns aparelhos por meio do site Indiegogo, como a Tovnet e a LightCam, outros modelos chegaram ao mercado brasileiro com preços que variam entre R$ 80 e R$ 500. Uma das opções mais baratas à venda atualmente é a “Camera Lampada Led Wifi IP HD Panoramica Única 360º Espião”, que custa a partir de R$ 93 em lojas online. O modelo conta com aplicativo de controle e comunicação bilateral – o usuário pode ouvir o que é captado no ambiente e falar com quem estiver no local por meio do alto-falante.

Outro aparelho disponível é o “Camera Ip Seguraca Lampada Vr 360 Panoramica Espia Wifi V380”, que permite acender a luz remotamente por meio da Internet. À venda por R$ 95, a câmera conta com 1,3 megapixels e lente no formato olho de peixe.

Por fim, há também a “Câmera espiã com 32 GB em lâmpada LED”, com especificações mais avançadas e preço de R$ 440. O modelo faz gravações de vídeo com áudio, em qualidade Full HD de até 1920 x 1080, e acompanha cartão microSD de 32 GB. O dispositivo traz o recurso de detecção de movimento, que serve para iniciar a gravação apenas quando o sensor de presença percebe movimentações no ambiente. Outra função interessante é a visão noturna, que permite filmar e fotografar no escuro, com uma distância máxima de até 5 m².

 

Gostou do que viu? Gostaria de instalar em sua residencia/comercio? Entre em contato conosco e não deixe de assinar a nossa newsletter!

 

Fonte: Tech Tudo

NEUROARQUITETURA: ENTENDA A CIÊNCIA QUE CRIA ESPAÇOS PARA ESTIMULAR O BEM-ESTAR

 

Mais utilizada nos projetos comerciais, a neuroarquitetura promete criar ambientes relaxantes. Confira como funciona e aplique em casa

 

Já ouviu falar em neuroarquitetura? O termo refere-se ao estudo da neurociência aplicada à arquitetura. Em outras palavras, como o ambiente físico impacta em nosso cérebro. “Quando aplicada ao dia a dia, a neuroarquitetura pode melhorar a qualidade vida”, explica a arquiteta, especialista na ciência.

No Brasil, os estudos relacionados ao tema vêm ganhando espaço, mas ainda voltado para os projetos comerciais que visam estimular a produtividade dos funcionários, melhorar o foco e a concentração. Porém, é possível aplicar à técnica em casa para criar um refúgio confortável e relaxante.

Para isso, o primeiro passo é realizar em um estudo sobre o morador. “É uma parceria entre o arquiteto e um profissional da saúde, que pode ser um neurocientista ou um psicólogo”, afirma Priscilla. A partir dos dados coletados, cria-se um perfil do cliente que esmiúça suas necessidades diárias e como é possível criar soluções por meio da casa. “Um exemplo básico, é um projeto acústico para eliminar ruídos que atrapalham a qualidade do sono”, explica a arquiteta.

A planta da casa também pode sofrer alterações após a conclusão do estudo, a fim de reorganizar os ambientes para adequá-los melhor à demanda dos moradores. “Mas também é possível adaptar sem quebra-quebra”, afirma. Criar estímulos para os cinco sentidos é uma das transformações que não exigem obra, por exemplo. Para o olfato, traga aromas; músicas para a audição; e texturas para o tato. “No entanto, não é uma receita que repetimos em cada projeto. Para ter resultado, é preciso ser o mais personalizado possível. Afinal, cada pessoa tem suas necessidades”, complementa a profissional.

Ainda assim, algumas dicas podem ajudar quem deseja começar a pensar a casa através da neuroarquitetura. Confira as indicações para começar já!

1 – Ar livre

Ambientes bem iluminados e com boa ventilação estimulam o relaxamento. Crie uma fachada com vista para a luz do sol e aproveite.

2 – Iluminação artificial

Na área íntima, invista em luz amarela que ajuda a estimular a produção de melatonina. A luz branca deve ficar em áreas que exigem concentração e foco.

 

3 – Natureza

A presença do verde não poderia ficar de fora. Criar sensação de natureza estimula o relaxamento. Aposte em plantas, quadros com paisagens, piso de madeira e até fontes de água.

 

4 – Organização

A organização dos ambientes é um dos pilares da neuroarquitetura. Afinal, nada é tão tranquilizante quanto livrar-se da bagunça. Estudos indicam que ajuda até a controlar a ansiedade. Que tal testar o método?

 

Gostou deste conteúdo e quer ficar por dentro de outras dicas de reformas e construções? Então, não deixe de assinar a nossa newsletter!

 

Fonte: Revista Casa e Jardim

5 dicas de lazer para plantas de casas modernas

 

Já imaginou contar com uma sala de jogos em casa? A princípio você pode achar que é um pouco fora de mão, mas mesmo em espaços pequenos dá para elaborar algo bem criativo. É claro que será necessário estudar o que cabe no local que você tem disponível. Não adianta nada querer colocar uma mesa de sinuca em um espaço apertado. Antes de escolher os objetos que serão inseridos no cômodo é preciso pensar na circulação do espaço. Afinal, a proposta não é criar um lugar amontoado e desconfortável, e sim um espaço divertido em que todos da casa possam ter momentos de lazer e poder curtir ambientes agradáveis com o ar das casas modernas. Confira a seguir 5 propostas diferentes e que você pode se divertir em plantas de casas modernas!

 

Mesa de jogos e de bilhar: para perder a hora

Ter uma mesa de jogo é uma opção para quem não tem muito espaço em casa. Ela pode ser pequena, para quatro pessoas. A mesa servirá para jogar cartas, dominós, entre outros jogos.

Já se o espaço disponível for maior, vale apostar em uma mesa de pingue-pongue ou de sinuca. Há diferentes tamanhos para elas, por isso é preciso verificar o que cabe no local, sem que as pessoas fiquem trombando umas nas outras. O ideal é que a sala também conte com poltronas para as pessoas se sentarem. Outro ponto a ser pensado é o piso. O laminado é uma sugestão. É prático e fácil de limpar.

 

Pista de boliche: um luxo

Se na sua casa há um espaço mais amplo para uma sala de jogos que tal montar um boliche? Você pode contratar um marceneiro para realizar o trabalho.

É importante ressaltar que ao optar por uma pista de boliche será necessário pensar na iluminação e também investir em um sistema automatizado.

 

Autorama: para quem tem espírito competitivo

Contar com uma pista de autorama em casa pode ser bastante divertido. Lembre-se de que o tamanho do brinquedo deve estar de acordo com o espaço disponível.

Como não é o tipo de jogo que envolve muitos participantes, será interessante contar com um ambiente em paralelo para àqueles que estiverem esperando. Um tapete, pufes e uma mesinha para outros jogos que ocupam menos espaço como cartaz, xadrez e dama, são excelentes opções.

 

Espaço para videogames: crianças e adultos adoram!

Uma ótima escolha para ambientes menores! Para deixar o local ainda mais divertido tenha pufes coloridos, tapetes confortáveis e uma iluminação especial.

É interessante contar com uma televisão maior para deixar a brincadeira mais emocionante e empolgante. Para que os jogadores que estão esperando não fiquem ociosos, que tal apostar em mini-games?

 

Espaço para videogames: crianças e adultos adoram!

Uma ótima escolha para ambientes menores! Para deixar o local ainda mais divertido tenha pufes coloridos, tapetes confortáveis e uma iluminação especial.

É interessante contar com uma televisão maior para deixar a brincadeira mais emocionante e empolgante. Para que os jogadores que estão esperando não fiquem ociosos, que tal apostar em mini-games?

 

Sala de cinema: diversão e aconchego

Nada como ter um cinema em casa para àquelas tardes frias de inverno. Você precisará de um televisor bem grande, com uma boa definição.

O som e a iluminação também devem ganhar atenção especial para que o clima fique completo. Outro detalhe importante são as cadeiras. Se o espaço for muito pequeno você pode optar por um sofá bem aconchegante. Do contrário, aposte em poltronas. Para manter a temperatura do ambiente confortável conte com um ar-condicionado e tapetes no chão.

 

Estas são algumas sugestões para você transformar um espaço inutilizado ou mal aproveitado em um verdadeiro salão da diversão! E aí, preparado para construir o seu?

 

Gostou deste conteúdo e quer ficar por dentro de outras dicas de reformas e construções? Então, não deixe de assinar a nossa newsletter!

 

Fonte: Plantas de Casas