Como Economizar na Reforma de Apartamento: 8 Dicas Essenciais

 

Aposto que a palavra economizar no título desse post chamou muito a sua atenção. Ainda mais quando estamos falando de como economizar na reforma de apartamento, que é um dos sonhos de muitas pessoas. E como em muitos casos, medimos a distância entre nós e esses sonhos pelo que temos no bolso, ou em nossas contas bancárias.

Portanto, quanto mais recursos você puder manter, mais perto de realizar o seu sonho você estará. E foi pensando nisso que decidimos trazer no blog da FazTudo Engenharia essa lista com 8 dicas de como economizar na reforma de apartamento.

Acredito que a palavra economizar pode soar como musica em nossos ouvidos em diversas situações. E se você é como eu, que não perde uma chance de poupar, fique de olho nas dicas a seguir. Vamos falar sobre diversas oportunidades, ferramentas e escolhas que você pode fazer para economizar na reforma de apartamento.

 

1 – Faça um bom Planejamento

O pilar para se economizar na reforma de apartamento é fazer um bom planejamento. Colocando todos os custos na ponta do lápis, você poderá se antecipar e se preparar para os eventuais custos extras que você pode ter durante a reforma. E estar preparado pode ser sinônimo de economia na reforma de apartamento. Se você fez um bom planejamento, você terá controle total do seu orçamento e evitará surpresas, além de gastos inesperados.

 

2 – Procure por Especialistas

Sabe aquele primo do seu amigo que é pedreiro, eletricista, encanador e faz bicos como técnico eletrônico aos finais de semana? Então, fuja dele! Um especialista vai saber a melhor forma de realizar o trabalho sem gambiarras ou soluções mágicas. Esse profissional vai utilizar de toda a sua experiência e conhecimento para fazer um trabalho de qualidade, ajudando você a economizar na reforma de apartamento.

 

3 – Reaproveite o que você puder

Você sabia que pisos de madeira gastos podem ser recuperados e reaproveitados como novos? Isso mesmo, um cliente que queria saber como economizar na reforma de apartamento. Como o apartamento já possuía pisos de madeira, eram de tacos nessa ocasião, então foi sugerido ao cliente recuperá-los. Ele gostou da ideia e o resultado foi impressionante, os tacos de madeira antes usados, foram retificados e ficaram novos em folha, ajudando mais uma vez um cliente a economizar na reforma de apartamento.

 

4 – DIY – Do It Yourself (Faça você mesmo)

Você é da turma do faça você mesmo? Então você já deve ser faixa preta nessa arte e saber muito bem sobre as possibilidades de economizar que estou falando.

O DIY são simples reformas ou restaurações que podem ser executadas por você mesmo. Você acabou de reformar a cozinha e não quer comprar um novo jogo de cadeiras por que quer economizar na reforma de apartamento? Tudo bem, DIY a restauração das suas cadeiras antigas. Ações e tarefas simples como lixar, envernizar ou simplesmente pintar podem trazer um resultado surpreendente.

Mas lembre-se, o DIY são para tarefas simples. Para os trabalhos mais complexos, lembre-se da nossa segunda dica e também do primo do seu amigo. Melhor procurar um especialista.

 

5 – Pagando a vista sempre tem desconto

Pagar a vista realmente não é uma tarefa simples no cenário de hoje. Não são muitas pessoas que tem a oportunidade de quitar a suas dívidas sem fazer parcelamentos.

Mas se você trabalhou na primeira dica dessa lista, que é o Planejamento, talvez você já tenha boa parte do dinheiro da reforma guardado. Ou até mesmo a quantia total se você estiver trabalhando nisso há muito tempo.

Pagando à vista aos fornecedores e prestadores de serviços, você sempre tem boas margens de descontos para negociar. Podendo chegar a até 10% ou mais dependendo dos casos, ajudando você a como economizar na reforma de apartamento.

 

6 – Tenha uma planilha de custos

A lista com os itens e custos que você tem que calcular em uma reforma de apartamento pode se estender muito. Tornando-se algo incontrolável dependendo do tamanho da sua reforma. As coisas podem ficar muito difíceis se você pretende calcular e organizar tudo isso em algumas folhas de caderno.

Porém, se você for mais antenado em tecnologia, talvez você já tenha uma planilha ou documento semelhante. Contendo os campos e os custos que você vai ter com a sua reforma. Com essa ferramenta você poderá controlar todos os custos por ambiente ou pela etapa da Obra. Além de poder gerenciar todas as despesas com muita facilidade e sem estourar o orçamento.

 

7 – Optar por mais qualidade ajuda em como economizar na reforma de apartamento

Sabe aquela historia do barato que sai caro? Então, ela também pode acontecer com você. Do que adianta você fazer uma reforma utilizando itens com preço abaixo da média do mercado e de qualidade duvidosa? Certamente, daqui a alguns anos ou menos, você vai ter que reformar tudo de novo por causa da baixa durabilidade desses materiais. Esse é um exemplo comum do barato que sai caro.

Por esse motivo, procure fazer uma reforma duradoura. Busque sempre por bons preços, mas a qualidade dos produtos e serviços é essencial. A longo prazo, com certeza optar por materiais duráveis vai fazer você economizar na reforma de apartamento.

 

8 – Contrate um Arquiteto

Contratar os serviços de um Arquiteto pode agregar muito valor para a sua obra. Além de que, os arquitetos são os profissionais que mais podem te ajudar a responder como economizar na reforma de apartamento. Contratando um arquiteto e elaborando um projeto bem planejado você pode economizar até 30% na fase de execução de obras. A economia é possível evitando desperdícios, retrabalhos e escolhendo os melhores insumos para a sua obra.

Gostou deste conteúdo e quer ficar por dentro de outras dicas de reformas e construções? Então, não deixe de assinar a nossa newsletter!

 

Fonte: Studio Tec

Dicas para Reformar sua Sala de Estar

Reforma realizada pela FazTudo Engenharia – Cliente: Carolina

 

A sala de estar é um dos ambientes mais movimentados da casa. Seja pra você ficar sozinho, com a família, amigos, curtindo um filme ou um programa de tv, batendo papo, é, sem dúvida, o ambiente onde a gente passa mais tempo e por isso mesmo às vezes enjoa olhar sempre para as mesmas coisas. Por isso, vale a pena investir em uma reforma de sala de estar para dar uma cara nova ao ambiente.

A reforma de sala de estar pode ser uma ótima oportunidade de inovar este ambiente tão importante da casa. A reforma de sala de estar pode ser feita de maneiras bem simples, sem necessidade que quebra-quebra, apenas com mudanças em alguns detalhes para deixar o ambiente renovado. Acompanhe algumas dicas de como fazer uma reforma de sala de estar para deixar este seu cantinho da casa ainda mais bonito.

 

Como começar a reforma de sala de estar

Para o ambiente mais visto da casa é possível fazer uma grande variedade de mudanças que podem até parecerem pequenas, mas que transformam o ambiente. A pintura de alguma das paredes pode ser uma ótima solução para começar a reforma de sala de estar. Se colocarmos um quadro novo, um adesivo para parede, espelhos ou mesmo apenas a moldura, a sala já fica com outra cara. Papéis de parede também ficam ótimos para destacar uma parede.

 

Cores na reforma de sala de estar

Para ambientes em tons claros, vale a pena investir em cores. Uma capa ou manta colorida para o sofá, almofadas coloridas e estampadas, divertidas, com tamanhos e formatos diferentes dão alegria e deixam tudo mais aconchegante. Cortinas estampadas e com cores marcantes também são uma ótima ideia.

 

Mudança de móveis na reforma de sala de estar

Mudanças nos móveis, mesmo que seja só de lugar, também dão um frescor na decoração. O reaproveitamento de móveis é uma tendência muito forte. Reformar um sofá é muito mais barato do que comprar um sofá novo. Se você tirar cadeiras estofadas na sala, uma ideia é substituir por pequenas poltronas ou mudar os estofados das cadeiras.

 

Reaproveitamento na reforma de sala de estar

Na onda do reaproveitamento, os móveis de madeira de demolição são os preferidos dos decoradores e designers de interiores. O bom é que como ele é uma peça de design única, não precisa necessariamente combinar com a decoração. É uma peça imponente que fica lindo em qualquer estilo de casa.

 

Os pisos na reforma de sala de estar

Não se esqueça do piso na hora de reformar. Um tapete bem bonito pode fazer milagre na sua sala e nem precisa gastar muito. Hoje em dia há lojas que vendem tapetes muito bonitos por preços bem acessíveis. Mas, se você prefere os pisos de madeira, eles podem muito bem ser restaurados ou pintados.

 

Para dar o toque final e de vida na sala, as plantas não podem faltar. Vasos com folhagens ou flores são perfeitos para aquele cantinho onde você não sabia o que colocar.

 

Gostou deste conteúdo e quer ficar por dentro de outras dicas de reformas e construções? Então, não deixe de assinar a nossa newsletter!

Fonte: Westwing

Reforma de Banheiro: 10 Dicas Essenciais para Reformar o seu

Caprichar na decoração de um banheiro já deixou de ser um luxo sem necessidade, um banheiro gostoso deve ser bonito e acolhedor, contar com revestimentos elegantes e ter uma iluminação aconchegante. É possível usar vários truques para contornar a maioria dos problemas, mas se você quer mudar mesmo a cara do ambiente, a reforma de banheiro e lavabo pode se tonar necessária.

Como uma obra deste tamanho costuma não ser muito simples, separamos várias dicas para você considerar antes de iniciar a sua reforma de banheiro simples.

Planejamento é Fundamental para Reforma de Banheiro

Antes de iniciar a reforma, avalie o estado das instalações elétricas e hidráulicas para fazer um banheiro planejado. Se achar necessário, contrate um profissional habilitado, que possa fornecer orientação tanto do ponto de vista técnico quanto dos custos de execução. Projetos sem planejamento tendem a desperdiçar recursos e aumentar o prazo da reforma.

Crie um Projeto para Reforma de Banheiro

Um conselho que serve tanto para banheiros pequenos decorados quanto para ambientes mais amplos é: pense como esse espaço pode facilitar o seu dia-a-dia. Por exemplo, ter um gabinete sob o tampo para guardar todos os objetos que quer ter à mão ou a necessidade de cubas separadas para o casal. Para o resultado da reforma de banheiro funcionar bem, ele deve ser funcional e não apenas estético.

Iluminação é crucial numa Reforma de Banheiro

Um bom projeto de decoração de banheiro deve contemplar uma iluminação decorativa e também funcional. A iluminação decorativa deixa o ambiente acolhedor e destaca peças e revestimentos. Já a iluminação funcional deve combinar luz branca e amarela e contar com lâmpadas com alto índice de reprodução de cor, ou IRC, para garantir uma boa maquiagem, por exemplo. Para deixar o espaço mais convidativo ao relaxamento, aposte na cromoterapia, usando filtros coloridos sobre as lâmpadas ou duchas que já incorporem essa função.

Louças e Metais Também Integram a Reforma de Banheiro

Cubas, misturadores e duchas são os itens mais importantes do ambiente, independente dos modelos de banheiro. Por isso, devem ser escolhidos com muito cuidado, priorizando a beleza e a praticidade. As cubas e torneiras devem funcionar juntas, portanto preste atenção às alturas das bicas e às distâncias entre elas e a cuba, evitando assim que a água espirre. No caso do chuveiro, escolha um modelo com vazão adequada ao seu projeto. Metais em tons dourados a acobreados são uma tendência e vão deixar o espaço mais moderno.

A Marcenaria é Crucial na Reforma de Banheiro

Ter móveis e acessórios bem planejados para o uso diário é fundamental. Deixe à vista somente o que merece ser visto e guarde o resto em gabinetes, gaveteiros e nichos, evitando a bagunça. Assim o espaço fica organizado.

Detalhes que Não Podem ser Esquecidos na Reforma de Banheiro

Prefira ter os porta-toalhas, papeleiras e lixeiras no mesmo material que os metais utilizados e com a mesma linha de design. Pesquise opções em lojas especializadas, que oferecem produtos para todos os bolsos. Se o espaço permitir, aposte em nichos embutidos na alvenaria para apoiar itens como sabonete e cremes, deixando o banheiro mais clean e charmoso.

Escolha os Revestimentos para Reforma de Banheiro com Cuidado

Limite o uso de texturas diferentes para o ambiente não ficar carregado. Prefira usar o mesmo revestimento para o piso e paredes, de preferência em tons neutros. Aposte em um material diferente para a área do box para banheiro ou banheira, dando destaque a esse espaço, que é mais nobre. Essa combinação vai garantir a elegância e você não se cansará da decoração tão cedo.

TV e Som Ambiente são tendências para Banheiros

Esses itens são cada vez mais requisitados nesse espaço, transformando o banheiro em uma área para passar mais tempo e relaxar. A boa notícia é que hoje há opções específicas para essa área e são muito simples de instalar. O único ponto é que eles devem ser definidos no início do projeto porque requerem uma infraestrutura especial.

Escolha os Materiais Adequados para uma Reforma de Banheiro

Todos os revestimentos escolhidos devem ser impermeáveis, podendo variar de cerâmicas e porcelanatos a mármores, granitos ou limestones. Os porcelanatos são mais práticos e oferecem manutenção mais simples. Já as pedras naturais são mais sofisticadas, mas precisam de mais cuidados na hora da limpeza e impermeabilização frequente, porque são porosas. Para o acabamento das partes pintadas, escolha tinta acrílica anti-mofo para evitar a proliferação de fungos.

Finalize a Reforma de Banheiro com a Decoração Perfeita

Ela faz toda a diferença no ambiente, por isso só considere a reforma de banheiro terminada depois de finalizar esse item. Organize os objetos de uso diário em bandejas e deixe a bancada de banheiro livre. Capriche nos acessórios para guardar escovas de dente, algodão, maquiagem, etc. E não esqueça do verde! Flores e folhagens em vasos podem dar o toque final e deixar o banheiro ainda mais convidativo.

Gostou deste conteúdo e quer ficar por dentro de outras dicas de reformas e construções? Então, não deixe de assinar a nossa newsletter!

Fonte: Viva Decora

DICAS PARA UMA REFORMA COMERCIAL

Para que a reforma do seu estabelecimento não se torne uma grande dor de cabeça, especialistas recomendam planejamento. O medo de que a obra demande mais tempo e dinheiro do que o planejado é muito comum entre os empreendedores. Para que isso não aconteça, o ideal é se cercar de especialistas, estudar a legislação local e estar disposto a enfrentar imprevistos.

Buscando soluções e dicas para quem está pensando em abrir um estabelecimento ou apenas reformular o seu negócio, conversamos com Barbara Kemp, fundadora da Kemp Oficina de Projetos, que gerencia obras, e Marcio Gifford, da Gifford Arquitetos, negócio especializado em obras de redes de franquias.

Confira as dicas:

1. Saiba onde está pisando

“Qual é o seu segmento? Você vai abrir um restaurante ou uma loja de sapatos? Isso faz toda diferença na equipe da obra”, afirma Barbara. Antes de contratar profissionais, como engenheiros e arquitetos, o empreendedor deve verificar os trabalhos que esses profissionais já conduziram. Dessa forma, fica mais fácil entender quem está trabalhando com você.

2. Pesquise e procure especialistas

Para Gifford, a pesquisa mais importante deve ser feita antes mesmo de assinar contrato. Na sua visão, ouvir a opinião do arquiteto e do engenheiro civil neste momento facilita a planejar os custos e mesmo avaliar melhor o projeto. Na visão da arquiteta, é imprescindível se cercar de especialistas em uma reforma. “É melhor do que errar porque não sabia fazer sozinho e depois ter que refazer”, diz Barbara.

3. Diversifique

Mesmo assim, a especialista recomenda que a obra não seja centralizada nas mãos de um técnico especifico. “É você deixar o lobo cuidando do galinheiro. A ideia do empreiteiro é gastar mais, porque aí ele ganha mais. Então tem que tomar cuidado.” Na mesma linha Gifford acredita que uma equipe pode ser mais eficaz para a execução da obra. “Meus marceneiros são grandes auxiliares nas obras que coordeno. Somos uma equipe”, diz.

4. Faça um cronograma

Faça uma lista com as etapas da reforma, estipulando um cronograma de entrega. Segundo Barbara, um modo de funcionamento interessante é pagar os funcionários semanalmente, de acordo com a produtividade.

5. Conheça a lei (ou procure quem conheça)

Conhecer a lei da região em que está querendo abrir o seu negócio é um fator chave para o sucesso. Consultando os órgãos regulatórios, os empreendedores conseguem saber se as mudanças que serão realizadas no imóvel estão dentro da legalidade. Um exemplo apontado por Barbara e Gifford é o da lei da acessibilidade, que exige delicadas modificações nos imóveis, como a instalação de rampas de acesso e sanitários para deficientes físicos nos ambientes.

6. Muito cuidado com a elétrica

Conheça e avalie as instalações elétricas dos seus imóveis, que normalmente exigem muito pela quantidade de aparelhos. “A parte elétrica é um ponto crucial do empreendimento e deve ser verificada com antecedência para não atrapalhar o andamento das obras”, diz. Barbara.

7. Não minta para os seus clientes

Um cuidado recomendado pela arquiteta é com o anuncio da data de retorno das atividades do estabelecimento. “Se o serviço não for concluído até esse exato dia, o empreendedor terá que arcar com custos adicionais, como o pagamento de funcionários, e ainda poderá se desgastar com o cliente.”

8. Mantenha uma reserva

Segundo Barbara, deve-se reservar 10% do valor investido na obra para reservas. “Tem gente que gasta tanto e fica tão estressado que não quer nunca mais olhar para uma obra. Mas isso é falta de planejamento. Imprevistos acontecem”, diz Gifford, que ressalta que os empreendedores devem estar preparados para gastar mais com suas reformas.

Gostou deste conteúdo e quer ficar por dentro de outras dicas de reformas e construções? Então, não deixe de assinar a nossa newsletter!

Fonte: Revista Pequenas Empresas e Grandes Negócios